quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

1 mes

Hoje, dia 25 de fevereiro de 2009, faz um mes que me despedi de todo mundo e embarquei, sabe-se la no que...
Digo "sabe-se la no que" pq tenho pensado muito nessa coisa de ser au pair sabe, pois sempre tive tudo o que quis e precisei no Brasil, nunca tive muita dificuldade pra conseguir o que queria, claro que eu sempre quis algo que estava ao meu alcance, porem, ser au pair aqui soa otimo pra quem ta se pesquisando sobre o programa, mas depois de um tempo, acabamos nos dando conta que o trabalho de au pair e mao-de-obra do terceiro mundo que vem ajudar o primeiro a crescer mais um pouquinho, pq sim, estou na casa dos outros fazendo algo muito parecido com ser empregada, e larguei toda minha boa vida no Brasil acreditando que tudo isso valeria a pena pela experiencia "abroad", mas e tao dificil as vezes, parar e se dar conta do que ta acontecendo quando uma crianca de tres anos comeca a te dar ordens do que fazer e te dizer que tu ta fazendo errado, e ao invess de dar um esporro, como tu faria com as crincas da tua propria familia, tem que sorrir e dizer: "Ah e querido? E como a mamae faz?".
Sim, esperava estar mais empolgada no dia que fiz 1 mes de EUA, mas, infelizmente, tive a agradavel noticia de que provavelmente vou comecar a trabalhar 2 sabados de manha por mes, junto com o fato de que minha host mom fica em casa na quarta e na sexta, os dias que eu so trabalho 6 horas, TPM, crianca mimada e saudade do Brasil, as coisas complicam qdo estamos olhando tudo por esse angulo, mas otimismo e algo que tenho como meta manter e sei que tudo isso passa, mais cedo ou mais tarde.
Naturalmente tambem tenho noticias boas, comecei meu ESL na segunda, acho que vou comprar meu lap top esse findi e estou com planos de visitar o Mount Rushmore em South Dakota (aquele monte que tem os rostos de 4 presidentes esculpidos).
Eu so quis vir aqui pra nao deixar essa data em branco, porem, me sinto ligeiramente homesick e "o que diabos eu faco aqui?" hoje, por isso peco perdao pelo "post desabafo".
Post de 1 mes tambem requer um balanco geral do mes ne, e por isso digo que meu primeiro mes foi bom, poderia ter sido melhor, com certeza, pois ainda nao sai do Minnesota nem pra ir em Wisconsin que e aqui do ladinho, mas estou com o dinheiro pro meu lap top, meu ingles esta cada dia me deixando mais feliz e tenho varios planos de viagens, por isso tenho fe que tudo melhora, inclusive minha visao pessimista das coisas que estou tendo hj...
Entao e isso, escrever me deu um certo animo, acho ate que vou na YMCA hoje de tarde ver como faco pra pagar menos :P

Beijos beijos pra todos, e volto com mais novidades (boas) assim que der...

7 comentários:

Babi disse...

Juu!!!! Não desanima. É recem o teu primeiro mês, então é mais que normal vc t er um pouco de homesick e começar a pensar se o que vc etsa fazendo realmente valr a pena. But, nobody said that it was easy, right? É assim mesmo. Vai te ocupandoo máximo que tu pode pra deixar a cabeça livre de pensamentos que podem te por pra baixo. FORÇA! beijão

GaB. disse...

Eu tenho certeza que as coisas boas vão recompensar as ruins, ainda mais agora que tu ganhou uma mega independencia, vai compra as coisas com o teu dinheiro...
a tpm tbm não ajuda muito né? =(
mas vai ficar tudo bem..
Beeejão.

Monique Ventura disse...

Ju, pode ter certeza que você está ganhando muita experiência de vida!!! E isso ninguém tira de você... Não tem como não sentir saudades...ficar longe da família e dos amigos dá muita saudade... Desabafe sempre aqui...o blog é para isso...felicidades!!! Bjos

Camila disse...

Oiiii
Eh, infelizmente vida de au pair não é sempre um mar de rosa... mas pense sempre no lado positivo da coisa para não desanimar...
Beijos e boa viagem pra vc (sempre quis conhecer south dakota, deve ser liiindo lá!)

Paulinha :) disse...

é, um mes... entendo perfeitamente td isso q vc ta falando... sinceramente, pensei q eu fosse estar pior pq eu tava desesperada logo no primeiro dia neh. O que me faz ter forças pra ficar aqui é lembrar dos meus objetivos e planos q eu tinha qd resolvi entrar nesse programa, nao queria abandonar no meio do caminho dps chegar no brasil e pensar 'nao fiz o q me propus' sabe??? realmente a gente trabalha mto, eh cansativo, tem hr q tenho vontade de esganar minhas crianças.. rs.. mas eh um meio barato de viajar neh.. e pode ter ctz q com tds essas duvidas, saudades, tpm (tb to) e sofrimento, vira mto amadurecimento pra nossas vidas, coisa q levaremos para sempre e ngm poderá tirar de nós. Essas dificuldades sempre trazem algo d bom... e aproveita o maximo pra treinar seu ingles, q acho q eh o objetivo principal de todas nos aqui neh... boa sorte... beijao

Idiossincrasia'S disse...

Amore,

.... a vida não é mesmo muito fácil e se fosse, teria graça nenhuma. O crescimento não vem das coisas que nos chegam facilmente as maõs. As facilidades tem um valor tão transitório que descartamos sem nos dar conta das emoções e dos sentimentos que nos proporcionaram... Como exigem pouco ou nada da gente, creio que provocam sensações descartáveis... Passado o primeiro momento, nem nos lembramos mais que sentimentos nos causaram... As facilidades levam com elas a oportunidade do crescimento, do amadurecimento... Por outro lado, um pouquinho de sofrimento nos obriga a ficar face to face conosco mesmo. É tão bom quando a gente consegue "se enxergar, falar consigo mesmo e se também ouvir..."

Li o o teu livro "Castelo de Vidro". Amei!!! Nem parece vida real tão "ficção que é". A-DO-REI!

Lici in the sky with diamonds disse...

eh assim msm. tem horas q a realidade fria e crua bate na nossa cara e n tem cm ficar achando td mil maravilhas. :T anyway, espero q tu fique de boalogo! (: